A Microsoft entregou-me um pack com o Surface Go 2 + Surface Go Type Cover + Pen Surface Pro + Surface Mobile Mouse Blue. Vamos a isto?

Depois do Surface Go, chegou-me o update para análise que é o novel Surface Go 2 acompanhado pelas mais valias da capa teclado (Surface Go Type Cover) da caneta (Pen Surface Pro) e até de um rato (Surface Mobile Mouse).

Surface Go 2 análise Xá das 5

O conjunto é uma maravilha de portabilidade e alguma eficácia mas padece do mesmo problema do modelo original: o preço se, naturalmente, o aliarmos (no mínimo) à capa teclado que é caríssima.

Contudo, se tivermos essa possibilidade, não há melhor “tablet” windows no mercado, agora com um ecrã meia polegada maior (pixelsense 10.5”), o mesmo formato 3:2 e o sistema Windows S pré-instalado mas que podemos alterar, felizmente, para Windows 10 Home.

A máquina

Se no ano passado a dúvida instalava-se entre comprar um modelo mais barato com um processador “poucochinho” ou um mais oneroso já com um Intel Core M3, este ano a dúvida é exactamente a mesma, ou seja, temos à disposição o modelo base com o Pentium Gold 4425Y que corre a 1.7GHz e, bem melhor, um Core m3 de 8ª geração com um opcional 4G LTE.

Podemos ainda escolher entre 4 ou 8GB de RAM e uma unidade de armazenamento eMMC com 64GB ou, francamente mais apelativo, um SSD de 128GB. A gráfica onboard é uma UHD 615 que dá para surfar na net, ver uns netflixes e corrigir algumas fotografias.

Surface Go 2 análise Xá das 5

A conectividade

Este pequeno tablet/mini PC tem o que é preciso para o dia a dia: uma ligação USB-C, uma tomada 3,5mm para auscultadores, um leitor de cartões microSDXC (por baixo da aba) e a ligação proprietária Surface Connect para recarregamento o que, bem vistas as coisas, é um problema quando se pretende algo prático, simples e leve. Só o carregador acrescenta mais uma chatice e a USB-C bem que poderia ter sido pensada para o efeito.

Surface Go 2 análise Xá das 5
Frontal com 5MP, traseira com 8MP, vídeo em ambas a 1080p

Mimos

Nem muitos PCs de gama média (e alta) têm reconhecimento facial, mas este pequeno Go2 apresenta-se com uma câmara frontal que o faz com Windows Hello e 5MP para chamadas vídeo com 1080p. Muito bem. Já a câmara traseira tem 8MP, focagem automática e grava também vídeo a 1080p. Nada mau.

O que também entusiasma, visto o pacote ser tão pequeno e leve (já vos disse que o Go2 pesa apenas 544 gramas, muito devido ao unibody em magnésio?) é ter dois bons microfones que captam bastante bem a nossa voz em vídeo chamada e duas colunas com 2W e, atenção, Dolby Audio.

Surface Go 2 análise Xá das 5

Funcionalidade

É aqui que começamos a perceber a obrigatoriedade de gastarmos mais de uma centena de euros para comprar a capa teclado. É que, sem ela, o Go2 é apenas um tablet. Sim, bem construído, apelativo, com Windows, mas tudo o resto é extra e demasiado caro.

Surface Go 2 análise Xá das 5

Vamos às contas?

Go2 (4425Y/4/64): 479€

Go2 (4425Y/8/128): 639€

Go2 (m3/8/128): 559€ (teve um desconto na loja Microsoft de 150€)
Go2 (m3/8/128/LTE): 839€

Capa teclado microfibra: 79,99€ (com desconto de 20€ na loja oficial)

Capa teclado alcantara: 103,99€ (com desconto de 25€ na loja oficial)

Pen; 91,99€ (era 114,99€)

Rato: 31,92€ (era 39,90€)

Vamos supor que eu quero um m3/8/128 com teclado alcantara. Chegamos a um estonteante total de 760€ (grosso modo) o que rivaliza com o preço de um Surface Pro 5 com i5 que se pode encontrar em segunda mão por 500€…

Surface Go 2 análise Xá das 5

Funcionalidade

A pen é muito agradável de se manejar, tem bom peso e largura, mas algum lag que pode afastar os designers mais profissionais. De qualquer forma, para desenhos ou notas é bastante interessante.

O teclado é, quando a mim, imprescindível. Não me lembro de grandes diferenças do anterior para este novo modelo que é realmente fino, tem espaçamento entre teclas, é bastante rígido e até tem teclas com retro-iluminação. Muito, muito bom.

O trackpad é uma grande vantagem pois permite-nos trabalhar como se fosse um tradicional laptop.

As 10 horas que a Microsoft promete com uma carga são interessantes mas, claro, decrescem se a nossa utilização for mais puxada.

Surface Go 2 análise Xá das 5
Go2 vs Tab S6

A concorrência

Bom, existem os Apple Air ou Pro como existem os Galaxy Tab S6 e mais recentemente Tab S7 e S7+.

Tenho um Galaxy Tab S6, sem capa teclado que não comprei porque custava os olhos da cara, mas mantenho um nano teclado bluetooth que me faz a vez.

Entre os três, a escolha depende mesmo do tipo de utilização. O Surface Go2 já tem aba incorporada, o que evita comprar uma capa só por isso, o que sempre foi um toque de génio. E, acima de tudo, tem Windows. E é exactamente este ponto o mais importante, pois servirá quem mais depende da suite Office para reuniões on the go.

De resto, e como podem ver na comparação física com o Tab S6, é maior e mais pesado.

Surface Go 2 análise Xá das 5

E afinal, para quem serve?

Bom, para quem trabalha Office, acima de tudo, que deseja ter um companheiro para momentos de lazer com grande qualidade de imagem e até de som, com um peso pluma que não se dá por ele e que pode ser escondido até entre livros.

E este tanto pode ser um mega super CEO como um estudante de liceu.

O grande problema é mesmo o preço, algo exagerado. Mas se gostava de ter um? Quem não gostava…

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *