PXL 20240506 170529520

Eis que, com algum atraso, publico a minha reacção ao novo Google Pixel 8a. Antes de mais, quero explicar que uso mais que um smartphone: um enorme e pesado, que me faz a vez do computador portátil mas com tamanho “de bolso”, e outro de formato mais compacto, o glorioso Google Pixel 8, que quanto a mim foi o melhor lançamento de 2023.

Mas eis que me chegou à mão o novel Google Pixel 8a com que me tenho entretido numa base quase diária, principalmente quando saio de Lisboa para um ou dois dias de trabalho mais “rural”, como hoje parece que é norma dizer. Agora podem perguntar-me: mas e o Pixel 8, não é exactamente o mesmo tamanho e quase conceito?

Sim, até é, principalmente porque o preço baixou tremendamente e já se encontra com um valor realmente apelativo. Portanto, a questão importante é “onde cabe o Pixel 8a, e, mais importante, a quem servirá melhor”.

Do Pixel 7a ao Pixel 8a

PXL 20240506 170712036

Comprei o Pixel 7a quando saiu, através da loja espanhola que nos esvazia os bolsos, e até me passarem para a mão ambos os 8, foi o meu smartphone diário. Agora que o passei para outra entidade física, que não é de todo uma pessoa dedicada às informáticas da vida, percebo que um Pixel não é tão fácil de usar como sempre pensei e senti. Quem vem de outra marca, no caso a Samsung, está muito habituada a uma suíte e a um visual muito completo e conseguido, uma política oposta à da Google que nos oferece um sistema totalmente limpo e, por isso e a meu ver, quase perfeito. Portanto, será um Pixel o smartphone mais fácil de usar? Bom, cada um sabe de si.

A maior vantagem de ter um Pixel é saber que vamos obter as novidades mais rapidamente que toda a concorrência e que estaremos sempre um passo à frente no que respeita ao Android. E isso enche de vaidade quem os escolhe desde os tempos em que a Motorola, LG e até a Huawei fabricaram os Nexus, modelos Google anteriores a esta nova fase de aposta em hardware.

Mas não é a única vantagem: a Google conseguiu lançar verdadeiros médios gama compactos, uma característica que a par do Asus Zenfone 9 e também dos Sony Xperia 10 V, conseguem rivalizar em tudo com os mais afamados iPhones de corpo tradicional. E isto, ao contrário do que se possa pensar e do que se diz por aí (devido a um youtuber internacionalmente influenciador que por vezes também erra), tem mercado. Muito mercado! Daí que a Google reforce a aposta na gama A, como a Samsung também mantém presença na sua própria gama A.

Ares de família

PXL 20240506 170632790.MP

A Google conseguiu criar uma linha de smartphones próprios com um design único, original e que os evidencia à primeira vista. Há quem não goste, mas há muitos que gostam desta particularidade.

Também apostou em cores e capas originais, como é o caso do Verde ALOE exclusivo online no 8a, e arredondou ainda mais os cantos para se afastar visualmente do modelo que substitui (ou será que substitui, pois o 7a continua à venda e com um preço irresistível?).

O recém-chegado conta agora com o processador Tensor G3, ecrã Actua OLED de 6.1” com Gorila Glass 3 muito mais brilhante com 1378 nits em relação aos parcos 1024 do 7a, e refrescamento a 60/120 Hz. Tem uma bateria marginalmente maior (agora com 4.492 mAh) e o mesmo conjunto de câmaras (principal com 64 MP a f/1.89 e a secundária com 13 MP a f/2.2) que fazem milagres qualitativos para o segmento de mercado onde está inserido.

Para além de mais características similares, como o IP67, o peso e quase milimetricamente as medidas, o Pixel 8a oferece uma versão com 8/256 GB, o que é muito interessante (mas também mais onerosa) e a traseira com acabamento mate em vez de brilhante, o que é uma boa notícia (e que emula o acabamento da versão 8 Pro).

Qualidade fotográfica e truques IA

PXL 20240506 170620897

Com cores muito ricas, excelência no detalhe e com Zoom digital até 8x, o Pixel 8a consegue bons resultados até ao zoom 2x, onde não perde qualidade nem atributos.

A saturação de cor está mais presente no novo modelo, assim como um brilho um pouco menos vibrante, o que vai ao encontro de quem gosta de imagens mais realistas.

Mas um ponto em que o 8a foi bastante melhorado, é no campo vídeo, pois conta com coloração Real Tone, um sistema que trabalha os tons de pele para conseguir uma representação étnica mais perfeita.

O guia de enquadramento está agora presente em todas as câmaras, o que é excelente para quem tem algumas dificuldades de visão.

Como já descrevi anteriormente, a Google equipa os seus novos smartphones com muitas funções baseadas em inteligência artificial, sendo pioneira neste campo. Portanto, não é de estranhar que o novo Pixel surja equipado com todas as ferramentas, como o Best Take, Magic Editor, Magic Eraser (manipulação fotográfica), Audio Magic Eraser (para alterar e modificar o som dos vídeos) e uma suíte Call Assist que não está disponível em Portugal.

Traz também a novidade do Google Circle to Search, onde basta fazer um circulo em qualquer coisa que esteja no ecrã para automaticamente a assistência artificial abrir um menu de links dedicados à imagem ou texto que circulámos, assim como também já está disponível para falar connosco em português com o Gemini Nano, um dos mais importantes assistentes inteligentemente artificiais.

Ler o que podemos fazer com o Gemini Nano nos Google Pixel 8

A fantástica vida dos Google Pixel

PXL 20240506 170550647

A Google quer mostrar o seu empenho no combate à poluição e desperdício, nem que seja a custo do seu próprio lucro. Declarar que o novo Pixel 8a tem sete anos de actualizações, é apenas extraordinário para um telefone desta gama e preço, ofuscando por completo toda a concorrência neste preciso campo. Mas, também sabemos, que ninguém (ou muitos poucos de nós) irão manter o  mesmo equipamento ao longo de tanto tempo. Mas que fica bem, lá isso…

Concluindo

PXL 20240506 170523427

O Pixel 8a supera o Pixel 7a em termos de desempenho, brilho e fluidez do ecrã, actualizações de software, duração da bateria e, por um triz, fotografia. No entanto, o Pixel 7a carrega um pouco mais rápido, é mais barato e oferece especificações praticamente idênticas em todos os parâmetros, desde o som estéreo às maravilhas mais modernas.

Portanto, e a meu ver, o Pixel 8a é a melhor opção a longo prazo, desde que o orçamento permita.

Mas se tiverem mais uns trocos para gastar, atentem ao preço do Pixel 8 que não é muito mais caro, se bem pesquisado. E, neste caso, já estamos a falar de outro tipo de características e comportamento.

Um dado a reter é o quão bem cai na nossa mão e se deixa deslizar para qualquer bolso. O tamanho é ideal para mãos pequenas e grandes e podemos escolher várias cores, tanto no próprio equipamento quanto nas capas.

Se é uma escolha acertada? Sem dúvida! É um dos melhores compactos de gama média que encontramos no mercado.

PXL 20240506 170701827

Preço

540€ na versão 8/128 (mas grandes descontos em operadora)

selo Xá das 5

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *