O Lenovo ThinkPad Z13 é um ultra portátil, refinado, muito leve, bem construído e tem um objectivo prioritário: servir o profissional que passa a vida em aeroportos e aviões.

O que me fascina no Lenovo ThinkPad Z13

Em primeiro lugar o tamanho (13.99mm x 295mm x 200mm) e o peso (1,26 kg). É absurdo (no bom sentido) e muito apelativo. Sabem aquele tipo de equipamentos que gostamos de ter na mão para continuar a ficar fascinados? Pois é esse o sentimento.

IMG 4234 Media

As linhas do ThinkPad Z13 são muito simples, o corpo em alumínio mostra uma enorme atenção ao detalhe e sente-se a qualidade de construção em todos os centímetros. Este é um laptop para quem tem hipótese de escolher o que mais lhe agrada sem olhar para o preço, pois não é barato para o que tem incluso e existem outras propostas mais aliciantes para quem procura a melhor relação qualidade/preço.

z13

O ecrã OLED de 13,3” tem um aspect ratio de 16:10 mas não é muito brilhante, muito porque tem uma camada anti-reflexiva. Por este preço esperava algo mais pujante, mesmo que as cores deste sejam correctas e muito equilibradas.

As duas colunas de som são muito interessantes e agradeçam ao Dolby Atmos que consegue alguma definição e até pujança, tendo em conta o tamanho de todo o portátil.

Este é um laptop para quem procura um bom equipamento de trabalho, seja para a suíte Office ou para gráficos mais pesados. É perfeito para transportar numa pequena bolsa, mala ou mochila e tão leve que não damos por ele. E como é recarregável por USB-C a 65 W, escusamos de transportar um tijolo imenso que, geralmente, é o que acontece quando os computadores são muito pequenos.

IMG 4231 Media

Em utilização

Faço sempre um teste aos portáteis que me chegam, pois geralmente são os topos de determinadas gamas e, por conseguinte, muito bem apetrechados. Instalo uma suíte poderosa de trabalho que suga todo o poder do processador, memória e gráfica, que é um software que transforma vídeos no formato de cinema DCP. É todo um processo pesado e demorado mas um garante para saber se o computador X passa no “exame”.

Logicamente que não é a função prioritária para este tipo de portáteis ultra ligeiros, mesmo que, nesta versão que me foi entregue, com processador AMD Ryzen 7 Pro (6850U), satisfaça plenamente quem procura um computador rápido, mais a mais estando reforçado por 16 GB de RAM LPDDR5 e bem acompanhado por um disco SSD de 512GB. Mas se é perfeito para 80% dos utilizadores, os restantes 20% podem queixar-se de alguma lentidão de processos, pois este SSD não é rápido. A gráfica Radeon integrada também não faz milagres e deixa a desejar quando o resto é tão equilibrado.

Por exemplo, e tendo uma apresentação de curtas-metragens num auditório longe de casa, pensei em munir o Z13 dos programas necessários e servir-me da sua espantosa bateria para não me preocupar com cabos (apenas o HDMI seria necessário) durante a reprodução dos ficheiros. Mas esta gráfica não “encheu o ecrã”, tornando o Z13 muito limitado para este tipo de acção. Uma das causas pode estar relacionada com a obrigação de usar um adaptador USB-C para HDMI, mas este mesmo processo funciona com outros portáteis.

Por outro lado, o teclado é sublime, como só a Lenovo (IBM) sabe fazer. As teclas, com a dimensão certa e bem retroiluminadas quando é necessário, promovem um dedilhar muito silencioso mas ainda com “travel” para bom impacto. Sempre gostei destes teclados ao invés dos mecânicos, por isso, estive à vontade.

O painel táctil tem a dimensão certa para este pequeno Z13, é responsivo quanto baste e, claro está, oferece a hipótese de juntar dois “botões” superiores (mas sem “click”), esquerdo e direito, para trabalhar em conjunto com a clássica e vermelha trackball de borracha. Confesso que nunca atinei com este tipo de joystick, mas acho graça a marca continuar a marcar a diferença com esta solução proprietária.

IMG 4233 Media

Conectividade

Outro dos problemas dos peso-pluma são as conexões que nunca abundam num corpo tão pequeno. O Z13 não é diferente e temos apenas direito a duas USB 4 (usb-c) e o combo microfone / auscultador por 3,5mm. Não há sequer uma mini-HDMI. Sim, podemos comprar um adaptador com mais entradas, mas isso já implica ter que pensar em levar mais equipamento numa viagem. Também suporta Wi-Fi 6E NFA725A 2×2 AX e Bluetooth 5.1, o que o coloca à vontade para os próximos anos.

IMG 4238 Media

Contudo, a câmara selfie por infravermelhos híbrida dá muito boa conta de si, reforçando que este Z13 é ideal para videochamadas em movimento. Tem 1080p de qualidade FHD (wow) com e-shutter, dois microfones com Dolby Voice e Windows Hello, que funciona na perfeição.

IMG 4230 Media
A diferença de tamanho para um laptop de 16″ e um Surface Book de 13.3″ ar 4:3….

Extras

Os ThinkPad são caros mas há razões para isso. Por exemplo, a suíte de software que vem de origem, como oferta, é bastante atraente e útil para uma série de utilizadores. As definições de privacidade contra olhares incómodos denominada Glance é um must, principalmente num pormenor que é desfocar automaticamente o ecrã quando não o olhamos. Mas é preciso que o espaço esteja bem iluminado para que corra às mil maravilhas.

Podemos configurar parâmetros da câmara como o desfoque do fundo, a automática mutação do microfone quando nos ausentamos e até uma espécie de personal trainer que nos diz que temos que endireitar as costas ao fim de certo tempo de utilização.

IMG 4232 Media

Concluindo

Para além do tamanho e até de ser óptimo para trabalho de escritório, jogos pouco expeditos, filmes e, porque não, alguma edição básica de imagem, este Lenovo ThinkPad Z13 é espectacular no que respeita à bateria! Repito, espectacular! Usei-o durante alguns dias sem recarregar o que deve ter sido a primeira vez com qualquer portátil. Pelas contas feitas em cima do joelho, ele garante entre 13 a 15 horas de “stamina” com uma utilização mista. Ou seja, é perfeito para levar para uma viagem e reunião fora do país e que se estenda por dois ou três dias.

Podemos ainda ficar um pouco mais descansados em relação à nossa pegada ambiental, visto que este Z13 é minimamente sustentável: a caixa é construída com fibra de bambu e cana-de-açúcar 100% renovável e compostável, enquanto o corpo integra alumínio e plástico reciclado.

Para compor o ramalhete, aquela luzinha vermelha no ponto do i de ThinkPad é sublime e destaca qualquer “IBM” da concorrência. Conquista-nos um sorriso de imediato.

IMG 4236 Media

Preço

O valor dos Lenovo é sempre complicado de assumir, pois a marca faz muitos descontos na sua loja online. No papel, o valor começa nos 2469€ com IVA incluído mas vale muito a pena espreitar as promoções oficiais ou “construir o nosso modelo” aqui.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *