Para assinalar a Semana Europeia da Saúde Mental (9-13 de maio de 2022), a Canon Europa estabeleceu uma parceria com dois ilustradores de renome, Agathe Sorlet e Ricardo Cavolo, no sentido de criarem ilustrações imprimíveis para encorajar o público a abrir-se mais e, ao mesmo tempo, combater sentimentos de solidão e isolamento.

Os designs podem ser utilizados, por exemplo, para personalizar peças de vestuário, bolsas ou cadernos, podem ser emoldurados e oferecidos a um amigo, ou simplesmente servir como um lembrete para tentar construir ligações significativas – não só nesta semana, mas além dela.

Canon: Ricardo Cavolo, Madrid

Ricardo Cavolo, artista e ilustrador espanhol, residente em Madrid, incorpora muitos estilos de arte diferentes no seu trabalho – nomeadamente arte popular, arte tribal, imagens religiosas e a cultura das tatuagens. O artista inclui também, muitas vezes, retratos para definir um protagonista dentro das suas narrativas. O seu portefólio conta com murais públicos e exposições de arte em todo o mundo, e colaborações com empresas como Gucci, Mercedes Benz, Starbucks e EA Sports.

Canon: Agathe Sorlet, Bordéus

Já Agathe Sorlet é uma artista francesa radicada em Bordéus. O seu trabalho é abrangente, incluindo impressões, roupa, acessórios, tatuagens e livros. Através das suas ilustrações, Agathe gosta de explorar o amor e a emoção, muitas vezes retratando as mulheres como livres, orgulhosas e ousadas.

Os dois artistas têm, no entanto, algo mais em comum: ambos utilizaram o seu trabalho para ultrapassar as suas próprias lutas de saúde mental, e para ambos a arte desempenha um papel fundamental na autoexpressão, no bem-estar e na capacidade de alcançar níveis mais profundos de compreensão humana.

Testemunhos

Não me canso de recomendar o recurso à arte como forma de cuidarmos de nós mesmos,” comentou Agathe Sorlet. “Ser criativos permite-nos estar realmente ‘no momento’ e não nos concentrarmos tanto nas nossas preocupações e medos. Ao mesmo tempo, é uma ótima maneira de enfrentar as emoções e de as entender num ambiente seguro.

É como escrever um diário através da arte – ajuda-nos a refletir sobre o passado e pode ajudar-nos a ter esperança no futuro. O meu trabalho foca-se em simbolizar a emoção. Sempre que me sinto em baixo e isolada, gosto de criar designs bonitos e inspiradores para me fazer sentir melhor; mais importante, quero representar as pessoas confortando-se umas às outras para criar um sentimento de união e empatia mútua. Espero que os sentimentos representados nos meus designs para a Canon possam tocar o público.”

A arte como ferramenta contra a depressão

“Há alguns anos, quando estava a lutar contra uma depressão, decidi escrever um livro. Normalmente os meus livros são 90% ilustrações, mas neste caso eu tinha tanto a dizer que ficou mais 50/50. Criar esse livro foi como estudar a melhor forma de cuidar da minha saúde mental, vida e energia,” contou Ricardo Cavolo

“Tento sempre incorporar o conceito de saúde mental no meu trabalho, por isso procuro envolver-me sempre que surge um projeto com essa preocupação no seu cerne, como o da Canon. Entendo que não vou resolver nada sozinho, mas é importante para mim criar trabalhos que ajudem a dar uma perspetiva às pessoas e lhes digam que há apoio aqui para elas.

Os trabalhos

A arte é uma maneira poderosa de fazer isto, porque pode ser facilmente partilhada e compreendida.”
Para fazer download dos designs de Ricardo Cavolo e Agathe Sorlet, visite: https://www.canon.pt/get-inspired/stories/printing-and-crafts/imagine-what-you-can-make/

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *