O nosso dispositivo móvel é uma ferramenta tão essencial na nossa vida quotidiana que se pode dizer que se tornou “uma extensão de nós”. Utilizamo-lo para comunicar, para fazer compras, para consultar informações ou para partilhar os nossos momentos de descontracção e lazer nas redes sociais. No entanto, com o passar do tempo, o seu smartphone pode estar a funcionar mais lentamente do que o normal e esperado.

Para acelerar a velocidade do seu telemóvel e usufruir do mesmo desempenho que o recém-saído da fábrica, a SPC, marca europeia de electrónica de consumo, oferece-lhe estes conselhos práticos e simples:

Manter a RAM à distância: controlar as aplicações abertas em segundo plano e libertar a cache

memória RAM é responsável pela execução das aplicações e, com o tempo, vai-se enchendo e tornando o dispositivo mais lento. Para isso, existem várias opções de melhoria, como controlar quais as aplicações que ficam abertas em segundo plano e limpar a cache com frequência.
 
Se precisar de ajuda extra para limpar a cache de cada aplicação, existem aplicações de limpeza que automatizam este processo, o que poupa tempo ao utilizador. Além disso, reinicie periodicamente o dispositivo para limpar completamente a RAM.
 
Desta forma, as aplicações podem ser utilizadas durante longos períodos sem sofrerem    abrandamentos ou problemas de desempenho.

Desativar as animações do dispositivo para melhorar a velocidade

Embora os efeitos visuais instalados no dispositivo lhe confiram um acabamento excecional, algumas animações podem consumir demasiados recursos do smartphone e tornar a interface mais lenta. Para remediar esta situação, pode verificar na secção Definições > Acessibilidade se não tem ativadas opções de animação que não são necessárias.

Outra opção para melhorar o desempenho é ir à secção de opções do programador nas definições do sistema (se não estiver visível, vá a “Acerca do telefone” e toque algumas vezes em “Número de compilação” até ser ativado). Uma vez lá, procure a opção “Escala da animação da janela” e defina os valores da animação para 0,5x ou desative-os completamente. Isto irá acelerar a transição entre aplicações e ecrãs. Por outro lado, para tornar a navegação pelo smartphone mais ágil, desative os widgets que já não utiliza, pois consomem memória. Utilize apenas os essenciais.
 
Libertar a memória interna: eliminar aplicações e ficheiros que já não utiliza
 
Se tiver instalado aplicações ou um grande número de ficheiros na memória de armazenamento do seu smartphone, estes podem estar a ocupar demasiado espaço e a tornar o sistema mais lento. Verifique as aplicações instaladas e remova as que não utiliza com frequência para que o dispositivo funcione melhor.
 
Verifique também as suas galerias de fotografias e vídeos, que são ficheiros grandes, e elimine os ficheiros de que não precisa, utilizando a função que lhe permite criar uma cópia de segurança dos seus ficheiros na nuvem. Quanto mais espaço tiver disponível, melhor será o desempenho geral.
 
Repor as definições de fábrica
 
Se, em caso de emergência, já tiver tentado todos os truques acima e continuar a ter problemas de desempenho, pode considerar a hipótese de repor as definições de fábrica do seu smartphone. Antes de o fazer, certifique-se de que faz uma cópia de segurança dos seus dados importantes, uma vez que este processo irá eliminar todas as informações do seu dispositivo.
 
A reposição das definições de fábrica dá-lhe uma imagem limpa e faz com que o seu smartphone funcione como se tivesse acabado de sair da fábrica, proporcionando-lhe a fluidez e a eficiência de que necessita no seu dia a dia.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *