Quando o vi pensei imediatamente que este smartphone Android, o SPC ZEUS 4G Pro, poderia ser a solução perfeita para a minha mãe, já com idade muito avançada (acima de 90) e que sempre teve uma má relação com a tecnologia.

Nunca consegui que se entendesse com um tablet e, logicamente, oferecer um computador estava fora da equação. Portanto, e num país em que a senhora faz parte do meio milhão de portugueses acima dos 65 (dados Eurostat 2020) – imaginem acima dos 90 -, encontrar uma solução moderna com design semelhante aos demais e um grande ecrã táctil foi como vislumbrar um oásis num imenso deserto.

Análise SPC ZEUS 4G Pro

SPC ZEUS 4G Pro acerta na mouche

Existem dois modelos desta recente gama em que a grande diferença é o sufixo “Pro” que determina a inclusão de uma base de carregamento no pacote, melhor processamento, rapidez, mais recursos e melhor qualidade fotográfica. E vale muito a pena tento em conta o diferencial de preço.

Esta base faz muita diferença para quem já não tem vista, ou vive com tremores, ao evitar o fastio de se tentar enfiar o cabo USB no telefone. São estas pequenas coisas, sabem?

O Zeus é alimentado por um processador quad-core de 2 GHz e uma placa gráfica IMG GE8300. Tem 3GB de RAM, memória interna de 32GB expansível com cartões microSD até 512GB, vem equipado com Android 11 e conectividade 4G, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac e Bluetooth 5.0.

E alvíssaras, possui um jack de 3,5 mm, para quem, neste caso, tem dificuldades de audição e não quer chatear quem está ao lado com o relato da bola ou os fados da Rádio Amália.

Este Zeus tem Rádio FM e Dual SIM que permite inserir dois números diferentes.

Análise SPC ZEUS 4G Pro

Câmaras que permitem ver e falar com os familiares

Nada é mais importante para um idoso que o contacto com os seus entes queridos e, para tal, o Zeus Pro está equipado com uma câmara traseira de 13 MP para tirar fotos e vídeos (com resolução 1080p e 30 fps), e a mais importante câmara frontal de 5 MP para as muitas videochamadas com os netos e bisnetos.

Análise SPC ZEUS 4G Pro

Botões especiais

São vários e todos eles com um grau de importância real para as muitas solicitações, urgências e também azares.

Botão SOS: já sobejamente conhecido nos modelos com características para este tipo de utilizadores, possibilita a gravação de contactos directos para, por exemplo, a polícia, o médico ou um ente querido.

Smart Help: desenvolvido pela SPC, oferece remotamente a possibilidade de configurar algumas funcionalidades do telefone, pois um idoso não percebe, na maior parte dos casos, o que é um menu e as suas funções. Esta Smart Help também envia notificações inteligentes quando algo está mal no telefone, seja má utilização ou qualquer situação tão normal como a bateria (que é de 2400mAh) ter chegado aos 15%.

Teclas físicas: três na base inferior frontal, com as funções normais (ligar/deligar, início, voltar atrás) para além do SOS colocado no painel traseiro, e a tecla que liga/desliga a lanterna (de toque longo e colocada do lado esquerdo), para além das tradicionais on/off e volume +/- à direita.

Análise SPC ZEUS 4G Pro

Outras funcionalidades

Para além de recebermos SMS com as denominadas Notificações Inteligentes, a SPC também dotou o ZEUS com a opção Toque Inteligente. É uma solução simples e eficaz: acontece-me várias vezes que, quando telefono à minha mãe, ela não ouve o telefone (por qualquer motivo). O Zeus aumenta o nível do volume de forma automática se o mesmo número, neste caso o meu, repetir a chamada dentro de três minutos. O volume regressa ao nível anterior após a chamada ser atendida.

Engenhoso, hein?

Por último, e para termos a certeza que o smartphone está configurado correctamente e ajustado de acordo com as necessidades do utilizador, possui a terceira das funções de ajuda inteligente, a Configuração Remota, que permite que um contacto confiável configure o ZEUS 4G PRO remotamente a partir do próprio telefone.

Por meio do envio de SMS com códigos predefinidos, podemos activar e/ou desactivar algumas funções bem como configurar o botão SOS, adicionar contactos à agenda ou aumentar ao máximo o volume do toque, auricular e mãos livres.

Análise SPC ZEUS 4G Pro

Concluindo

Este smartphone é perfeito para utilizadores com alguma diminuição física ou intelectual, pois está pensado de acordo com estudos científicos, sendo a SPC uma marca reconhecida no fabrico e desenvolvimento de soluções para este nicho.

No ecrã, podemos ter o menu com fotografias de grande dimensão que ajudam a reconhecer para quem se quer telefonar, bastando tocar na imagem, o que é entendido facilmente mesmo por quem não tem qualquer experiência com este tipo de soluções mais actuais.

Análise SPC ZEUS 4G Pro
Lanterna e mini-jack

A minha mãe, como muitas outras, usa um telefone em concha, uma solução que a obriga a abrir o dito para efectuar ou atender chamadas, em vez de tocar acidentalmente nos números como fazia com outros telefones mais básicos. Mas entender como se chega às chamadas perdidas ou navegar pelo menu à procura de algum nome, são tarefas muito complicadas para a maior parte destes utilizadores.

Desta forma, oferecendo a opção visual e táctil, ultrapassa-se de imediato esta primeira dificuldade e, com o tempo, vai-se ensinando outras funções, como fazer uma videochamada, algo tremendamente difícil para quem nasceu no intervalo das grandes guerras mundiais.

Se é fácil para uma pessoa com mais de 90 anos? Não, não é, mas nem todas as pessoas com esta idade têm a mesma dificuldade com equipamentos tecnológicos e o que é mais difícil para umas, é trigo limpo para outras.

Uma coisa sei, é que o mundo delas fica mais facilitado, iluminado e colorido com este smartphone que tem o nome do deus do trovão. E o preço é absurdamente democrático.

A diferença entre o modelo de base (Zeus 4G) e este topo de gama (Zeus 4G Pro) são apenas 30€.

Análise SPC ZEUS 4G Pro
USB-C

Preço

SPC ZEUS 4G PRO com base de carregamento e capa silicone: 169,90€ (iva incluido)

selo Xá das 5

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *