A Sarco Suicide Pod é uma espécie de cápsula futurista mas, em boa verdade, trata-se de um caixão estilizado e com alguns predicados que permite aos ocupantes dizer adeus ao mundo real sem, e isto é o factor decisivo para uma grande discussão entre a Assembleia e o presidente Marcelo, a intervenção de terceiros.

É bem verdade, o próprio é que decide se fica ou vai e a Suíça passou o licenciamento legal para a futura utilização.

Sarco Suicide Pod não exige a intervenção de outra pessoa

Esta cápsula Sarco pode ser operada a partir do interior pela própria pessoa, mesmo tetraplégica, totalmente incapacitada (fisicamente) ou sofrendo de qualquer outra situação que exige a intervenção de alguém para ajudar no processo (um familiar, amigo, médico, etc.). Basta um piscar de olhos (ou um processo Sim / Não com algumas últimas questões) para iniciar e dar continuidade ao processo.

Como funciona

Através da redução do nível de oxigénio na cápsula para um nível inferior a um nível crítico.

O processo demora menos de um minuto e a morte ocorre através de hipoxia e hipocapnia, que se destina a permitir que uma pessoa morra de forma relativamente pacífica e sem dor.

O suicídio assistido é legal na Suíça e cerca de 1.300 pessoas utilizaram os serviços das organizações de eutanásia Dignitas e Exit em 2020.

Ambas as empresas utilizam barbitúricos líquidos ingeríveis para induzir um coma profundo no espaço de dois a cinco minutos, seguido de morte.

O criador chama-lhe “sarcófago”

A cápsula de suicídio é uma invenção de um tal Dr. Philip Nitschke, apelidado de “Dr. Morte”, que serve como director da organização sem fins lucrativos Exit International (sem ligação à Exit).

O Sarco foi concebido para ser rebocado para um local de preferência dos utilizadores, tal como um cenário idílico ao ar livre, e depois a cápsula biodegradável pode separar-se da base para servir de caixão.

Naturalmente, o processo é inovador e controverso e o Dr. Nitschke enfrentou a oposição dos opositores da eutanásia, em parte devido ao método utilizado, ou seja, sugere ser uma câmara de gás que relembra os horrores do holocausto.

Neste momento estão a ser finalizados dois protótipos.

Antes de pensar no acto, saber que existe ajuda

Ler o projecto-lei português sobre a despenalização da eutanásia.

Em Portugal existem ajudas e linhas de apoio directas para quem tem pensamentos suicidas, o que não tem a ver directamente com eutanásia, mas que julgo ser importante nomeá-los aqui:

SOS Voz Amiga Ligue-nos. Nós escutamos.

213 544 545 – 912 802 669 – 963 524 660 / Diariamente das 15h30 às 00h30 

Saber mais963 524 660

Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses

Ao Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses INMLCF cabe no exercício das suas atribuições periciais forenses cooperar com os tribunais com o Ministério Público e com os órgãos de polícia criminal e demais serviços e entidades que intervêm no sistema de administração da justiça

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *