samsung-activ-q

Quando a Sony veio a público colocar um ponto final nos rumores que davam como certa a paragem de produção dos seus Vaios, poucos poderiam apostar com toda a certeza num passo tão drástico. Afinal, os últimos modelos eram dignos de registo com soluções híbridas apenas fantásticas (Flip) e foi uma notícia que abalou o mundo tecnológico, mas tinha uma razão simples: dinheiro. A Sony tem-se debatido, nos últimos tempos, com annus horribilis constantes no que respeita ao deve e ao haver. E foi assim que uma das mais conhecidas sub-marcas passou de mãos para um consórcio que ninguém sabe muito bem o que irá fazer.

Agora a notícia é outra e, desta feita, ainda mais surpreendente: a Samsung imita a Sony e também descontinua a venda dos seus computadores portáteis na Europa, incluindo os novos Windows Ativ e Chromebooks.

Para os mais atentos, algo estava prestes a acontecer, pois no meio do enorme salão de exposição na IFA, não houve novidades no segmento.

De acordo com a PC Adviser, um porta voz da marca sul-coreana confirmou que esta decisão afectava apenas para o “mercado europeu” e que a marca continuará a inovar “nos novos segmentos portáteis”. Se isso quer dizer total ou progressivo abandono, não se sabe.

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *