Precisamos de descansar e relaxar deste novo quotidiano e nada melhor que três exóticos destinos através da experiência de áudio mais imersiva de sempre da Huawei

Sou daqueles que usa e abusa deste tipo de aplicativos que me ajudam a relaxar nas pausas do trabalho, ou mesmo a intervalar para o reset entre as várias actividades.

Os amibientes sonoros, ou memso o whitenoise, são ajudantes preciosos nestes tempos mais difíceis e há marcas que têm vindo a apostar nestas dinâmicas.

Uma delas, a Huawei, lançou hoje as Sonic Escapes, uma sequência de 360 paisagens sonoras binaurais que permitem aos utilizadores viajar através do som e escapar ao mundo à sua volta com auxilio do cancelamento de ruído dinâmico inteligente dos novos Huawei FreeBuds Pro.  

Estes novos auriculares permitem usufruir de uma Sonic Escape e os detalhes de três paisagens sonoras.

Este sistema garante aos ouvintes uma emocionante aventura desde a selva ao profundo oceano, as Sonic Escapes exploram três locais: um frenético souk em Marraquexe, em Marrocos, as ruas ensolaradas de Kingston, na Jamaica, e o vibrante México.

Com uma tecnologia inovadora, os utilizadores podem desfrutar de conteúdos de entretenimento dinâmico, para explorar o seu próprio mundo e aproveitar uma pausa sem interrupções, ou sons indesejados.

“Agora, mais do que nunca, precisamos de uma pausa, uma pausa sem voos cancelados e uma pausa sem quarentenas e distanciamento social. Uma verdadeira fuga do mundo que nos rodeia. As Sonic Escapes permitem aos ouvintes viajar através de sons ricos e envolventes, mergulhando na cultura de três locais exóticos, ao mesmo tempo que experimentam a funcionalidade do Cancelamento de Ruído Dinâmico Inteligente, suportado pelos novos Huawei FreeBuds Pro” afirmou Ana Lorena, Head of Marketing e Comunicação da Huawei CBG em Portugal.

Para poder usufruir das três faixas e experimentar as Huawei Sonic Escapes, visite www.sonic-escapes.com.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *