A TAPO P100 é uma tomada inteligente, ou seja, permite um número de funções úteis e que podem valer-nos do dia a dia

Quem vai de férias, ou está a curtir um fim de semana alargado, tem a mania de anunciar, fotografar, filmar e publicar os acontecimentos nas redes sociais.

E onde andam os larápios à procura de casas para assaltar? Nas redes sociais, acertaram!

Portanto, o dizer que a casa está livre por ausência espontânea, livre ou por simples obrigação, é, no mínimo, perigoso para não escrever impropérios.

Mas eis que existem soluções para enganar os larápios e uma delas é a utilização de um espectacular sistema de alarme ligado à central e à polícia, com fecho automático de portas e janelas para fechar o ladrão e tudo isto pode ser nosso, com mudança e reforço de janelas e portas, por um bom punhado de euros.

Mas para quem quer poupar uns tostões e ficar, na mesma, mais descansado, podem investir alguns euritos e adquirir uns apetrechos a que chamamos “tomadas inteligentes”.

A inteligência programável

A TP-Link enviou-me uma destas tomadas, mais concretamente a Mini Smart Wi-Fi Socket TAPO P100, que custa à volta de 15€.

E o que podemos fazer com ela? Bom, antes de mais, ligá-la à tomada. Depois ligar-lhe um candeeiro e emparelhá-la com o nosso telemóvel através da rede wi-fi lá de casa (ou escritório, casa de férias, armazém, o que quiserem).

Uma coisa é certa, e depois de aprender como, podemos ligar e desligar “a luz” quando quisermos e, desta forma, ludibriarmos o maldito larápio.

Programação

Antes e mais, há que emparelhar. É ligar à parede e esperar que o led surja verde/laranja de forma intermitente. Quando estiver, é simples finalizar o processo depois de descarregar e instalar a app própria (até há duas).

A vantagem desta TAPO é poder, por exemplo, programar um horário em que queremos ligar uma lâmpada (ou várias, se comprarmos outras P100) para assim mostrar que o espaço está a ser ocupado. Há o Modo Ausente, diário ou semanal, com repetição, e demais possibilidades.

Dependendo da potência, pois a P100 está limitada a uma carga máxima de 2300 W ou 10 A, podemos ligar um aquecimento ou ventoinha que desejamos que se desligue de forma automática depois de adormecermos ou, numa outra perspectiva, aquecer a casa uma hora antes de entrarmos.

Comandos por voz

Outra opção é usar o Assistente Google ou a Alexa da Amazon para podermos programar o que quisermos por voz. Não deve ser difícil encontrar uma receita IFTTT para combinar esta tomada com as demais “inteligências artificiais” lá de casa.

Resumindo, por 15€ não se pode perdi muito mais: o design está muito bem conseguido, temos um botão reset para emparelhar, o tamanho é diminuto e até trabalha se ligada a uma extensão ou tripla.

Bom equipamento da TP-Link.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *