Hoje foi dia grande na Microsoft com a apresentação de muitas novidades, algumas de encher a totalidade do olho e esvaziar a carteira, mas outras simpáticas e mais em conta como o novo rato Ocean Plastic Mouse.

Microsoft Ocean Plastic Mouse
Microsoft Ocean Plastic Mouse

Ocean Plastic Mouse, a designação diz tudo

As marcas, cada vez mais pressionadas pelo Engº Guterres, pela Greta e por toda uma população jovem que quer ver alterações imediatas para a sustentabilidade do planeta, querem mostrar que estão atentas.

Para isso, a Microsoft estabeleceu um compromisso ambicioso com a sustentabilidade, que coloca em 2030 o horizonte para levar a empresa a ser carbono negativa e positiva no consumo de água – reabastecendo mais do que consome e anulando o volume de resíduos criado.

Ora isto só lá vai com novos componentes e processo de produção do ponto de vista da sustentabilidade.

O princípio circular

A Microsoft aplica princípios circulares, facilitando aspectos como a reparação, recondicionamento, reutilização e reciclagem de cada elemento.

Além disso, a escolha de componentes de alta qualidade torna os dispositivos mais fiáveis e têm uma vida útil mais longa, o que também contribui para reduzir a pegada ambiental.

Microsoft Ocean Plastic Mouse
Microsoft Ocean Plastic Mouse

E o Ocean Plastic Mouse começa a provar isso

Através de uma colaboração única com a SABIC, a empresa criou uma resina de alta qualidade feita a partir de 20% de plástico reciclado dos oceanos, recuperado directamente das suas águas ou recolhido nas suas margens. O Ocean Plastic Mouse, feito com esta resina, é um rato confortável e amigo do ambiente.

Microsoft Ocean Plastic Mouse
Microsoft Ocean Plastic Mouse

E o preço? Também é amigo do ambiente!

O Microsoft Ocean Plastic Mouse estará disponível em Portugal a 5 de outubro a um preço de venda a retalho recomendado de 27,99 euros.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *